Unselected
BTT ROCKRIDER

REF: 8326408

BTT ROCKRIDER 720 S BRANCO

2015

Precisa de ajuda para a preparação, manutenção ou reparação da sua bicicleta?

Irá encontrar aqui todos os nossos conselhos, peças sobresselentes e as instruções da sua BTT! 

Unselected

Primeira utilização

Fazer a rodagem aos travões

Quando a sua bicicleta sai da loja, as pastilhas e os discos são novos e portanto a performance de travagem é muito fraca.
Uma forte travagem a frio e contínua (por exemplo em descida), pode desencadear um sobreaquecimento e uma "vidragem" das pastilhas. 
A fim de evitar este fenómeno (deixando os travões completamente inutilizáveis), recomendamos uma rodagem dos travões. A rodagem será conseguida depois de 10 travagens por travão. 
Em cada uma dessas travagens, deverá passar de 25 para 5 km/h, mas sem bloquear a roda e utilizando um travão de cada vez.

Determinar a pressão dos pneus em montagem tubetype

As pressões mínimas e máximas do pneu na sua montagem de origem em câmara de ar (Tubetype) estão indicadas no flanco do pneu.

Contudo, tenha presente que o enchimento dos pneus é personalizável e que a pressão vai depender do seu peso, do terreno no qual conduz e da sua experiência.
É preciso que encontre o compromisso certo entre rendimento da pedalada (pressão alta) e conforto/aderência (pressão baixa).

Para isso pode proceder do seguinte modo:
Encontre um circuito fechado curto (5-10 minutos) que passe pelo máximo de terrenos possíveis (lamas, terrenos frágeis, raízes, empedrados...). Encha os pneus com a pressão recomendada máxima e dê uma volta. Se o pneu estiver demasiado rígido e não sentir conforto ou aderência suficiente nas curvas, diminua a pressão. Recomece até encontrar a pressão ideal para os seus pneus.

Tenha atenção, não desça abaixo da pressão mínima recomendada, caso contrário estará sujeito a um maior número de situações de convergência e furos.
Um pneu bem cheio é um elemento essencial na prática do seu desporto. Pense então em controlar regularmente a pressão dos seus pneus.

Determinar a pressão dos pneus em montagem tubeless

O TUBELESS é uma boa forma de aproveitar plenamente o trabalho do pneu. A pressão é mais fraca (na ordem do meio bar) do que num pneu Tubetype. Menos cheia, a "carcaça" do pneu vai poder entrar em contacto com o solo. Tudo isto, sem ser parado pela câmara de ar.

Numa montagem Tubeless, o objetivo é diminuir a pressão para aproveitar todo o trabalho do pneu sem que por isso a jante toque no solo aquando da transposição de um obstáculo.

Tenha o cuidado de não ultrapassar os 2,5 bar numa montagem TUBELESS, as suas jantes em carbono poderiam deformar-se.

Um pneu bem cheio é um elemento essencial na prática do seu desporto. Pense então em controlar regularmente a pressão dos seus pneus.

Passar para rodas tubeless

Para limitar os riscos de furo ou trilhamento da câmara de ar, pode passar as rodas BTT para TUBELESS.

Para isso, terá de adquirir:

- Líquido preventivo (antifuros):

ETAPAS:
1. Desmontar a roda
2. Retirar o pneu e a câmara de ar da jante
3. Aplicar o fundo de jante
4. Inserir uma válvula TUBELESS Schrader pelo interior, no orifício da jante
5. Acrescentar líquido preventivo (antifuros)
6. Montar o novo pneu específico TUBELESS
7. Encher bem a roda para encaixar perfeitamente o pneu na jante

Se a operação lhe parecer demasiado delicada, dirija-se à oficina DECATHLON mais próxima para que o façam por si.

BTT-ROCKRIDER-PASSAGEM-TUBELESS

Regular o sag da suspensão

Depois de ter efetuado a regulação da sua suspensão, terá de se fazer acompanhar de uma pessoa e de se equipar com uma bomba de alta pressão para suspensão e de uma régua graduada, régua ou metro.

Em primeiro lugar, encha a sua suspensão seguindo os parâmetros recomendados no estojo da sua forqueta. Para afinar o seu SAG, diminua a pressão da sua suspensão para o aumentar e, para o reduzir, encha um pouco mais a sua suspensão.

ATENÇÃO: A tampa da válvula serve para protegê-la de poeiras e não retém, em caso algum, a pressão da suspensão. Portanto, de nada serve apertá-la com força!

Regular o sag do meu amortecedor

Para ter uma BTT homogénea no seu comportamento, recomendamos que concilie o SAG da suspensão à do seu amortecedor. A manipulação é quase a mesma que para a suspensão:

Depois de ter efetuado a regulação da sua suspensão, terá de se fazer acompanhar de uma pessoa e de se equipar com uma bomba de alta pressão para suspensão e de uma régua graduada, régua ou metro.

Em primeiro lugar, encha a sua suspensão seguindo os parâmetros recomendados no estojo do seu amortecedor. Em seguida peça à pessoa que estabilize a BTT para que possa montá-la. Meça a compressão uma vez que estiver estável em cima da bicicleta.Para aumentar o seu SAG, diminua a pressão da suspensão e, para o reduzir, encha um pouco mais a suspensão.

ATENÇÃO : A tampa da válvula serve para protegê-la de poeiras e não retém, em caso algum, a pressão da suspensão. Portanto, de nada serve apertá-la com força!

REGULAR A SUSPENSÃO TRASEIRA

Unselected
equipamento-btt-st520-rockrider

Equipamento necessário para resolver contratempos

Para reparar um furo, uma quebra de corrente ou qualquer outro problema grave, não hesite em equipar-se antes de uma saída em BTT. Eis uma seleção de produtos que poderão ajudá-lo numa série de contratempos técnicos. 

Unselected

Cuido da minha btt

Limpar a btt

Para limpar bem a sua bicicleta, precisa de um detergente para bicicleta, uma esponja e uma escova.

Passe a bicicleta por água antes de aplicar os detergentes.
Depois, utilize a esponja e a escova para aplicar os produtos de forma eficiente.
É importante deixar atuar o produto antes de enxaguar a bicicleta
.
Far-se-á a uma distância razoável para não danificar os elementos mecânicos.

Finalmente, seque a sua bicicleta com um pano seco, limpo e suave.

Limpar e lubrificar a transmissão

Para limpar e lubrificar a sua transmissão, utilize um spray desengordurante, uma escova adaptada e um lubrificante.

A primeira etapa consiste em proteger o seu disco com um pano limpo, de modo a evitar qualquer projeção de gordura sobre o mesmo. Depois aplique desengordurante em toda a transmissão, esfregue a cassete, a corrente e as roldanas do desviador com uma escova.

Deixe atuar alguns minutos antes de enxaguar a uma distância moderada.
Aguarde até a transmissão secar, antes de iniciar a fase de lubrificação.

Agite o lubrificante e aplique-o no lado interno da corrente para uma maior eficácia. 

Substituir o cabo da transmissão

O cabo da transmissão está sujo, enferrujado, danificado ou a passagem das velocidades é difícil, dura ou aleatória?

Nesse caso, o cabo da transmissão deve ser substituído! Para tal, disponha de um alicate, uma chave de fendas, um alicate corta-cabos, uma chave sextavada e um novo conjunto de cabos e bichas de desviador.

Em primeiro lugar, deve remover o cabo da bicha. Comece por retirar a tampa do manípulo e coloque o cursor na última mudança e, em seguida, corte o cabo de modo a retirar a totalidade do cabo e depois da bicha.

De seguida, defina o comprimento da bicha mediante a BTT, corte-a e coloque os terminais nas extremidades. Pode agora instalar a bicha.

Instale o cabo no manípulo e passe-o pela bicha. Assim que estiver concluído, coloque a tampa no manípulo e fixe o cabo no desviador. Para regular a transmissão, aumente a tensão do cabo se tiver problemas a aumentar as velocidades e diminua-a se tiver dificuldade em reduzi-las.

Uma vez terminado, corte o cabo e monte o terminal na sua extremidade com a ajuda do alicate.

Reparar um furo

Para reparar um furo, precisa de: uma bomba, uma bacia com água, um pano e um conjunto de câmara de ar.

Coloque um pouco de pressão na câmara de ar. Para descobrir onde está o furo, passe a câmara de ar por água. Após ter localizado o furo, seque a câmara de ar com um pano e passe à fase de raspagem com um papel de vidro fornecido no conjunto. Este último permite preparar a câmara de ar para a parte de colagem e assim garantir uma aderência máxima da cola.

Coloque a cola generosamente à volta do furo e espere 3 a 5 min.
Por fim, coloque o remendo no furo e pressione-o alguns minutos.

Já pode recolocar a câmara de ar no pneu! 

Substituir as pastilhas dos travões de disco hidráulicos

Para efetuar esta substituição, precisa de: pastilhas de travão, chave de fendas plana e uma chave sextavada de 3 mm.

Em primeiro lugar, retire a roda. Utilize depois uma chave de fendas grande de modo a afastar as pastilhas e voltar a colocar os pistões na sua posição inicial.

Depois, retire a cavilha que mantém as pastilhas e remova-as do seu compartimento. Prepare as novas colocando a mola de retorno entre elas.

Insira as novas pastilhas no estribo de travão e conclua a operação colocando de novo a cavilha.

Pode voltar a montar a roda e efetuar um controlo visual de modo a verificar se as pastilhas estão bem colocadas e se não tocam no disco.

Ajustar o travão de disco hidráulico

Para isso, irá precisar de uma chave sextavada de 5 mm.

Desaparafuse o estribo de travão, gire a roda e acione a alavanca do travão. Deve manter a manete de travão acionada antes de reaparafusar a pinça. 

De seguida, realize um controlo visual para verificar se o disco e as pastilhas ainda estão em contacto. 

Substituir o dropout do desviador

Para realizar esta operação, vai precisar de uma nova ponteira de desviador adequada para a sua bicicleta (consulte a parte "PEÇAS DE SUBSTITUIÇÃO") e de uma chave sextavada de 5 mm.

Desmonte a roda da bicicleta bem como a ponteira do desviador danificada com as ferramentas adequadas.

Posicione a nova ponteira no quadro. 

Retire a parte da antiga ponteira antes de montar a nova com a chave sextavada de 5 mm.

Basta agora voltar a montar o desviador sobre a nova ponteira e comprovar as velocidades.

Substituir a corrente

Para efetuar esta substituição, precisa de: um descravador de corrente, uma corrente nova e um elo rápido.

Coloque a corrente no último dos pinhões. Em primeiro lugar, retire o elo rápido com um alicate e retire a antiga corrente da transmissão.

Posicione a corrente nova no último pinhão e no prato mais pequeno para definir o comprimento ideal mais facilmente. A corrente deverá ficar justa, passando perto do rolete superior do rolamento superior do desviador. Quando o comprimento estiver definido, corte a corrente no comprimento adequado com o descravador de corrente.

Por fim, instale a fixação rápida na corrente e dê uma volta ao pedaleiro, para posicionar a fixação rápida na parte superior da corrente. Assegure que o posicionamento é adequado com a pressão da mão.

Unselected

Estou com um problema

A minha roda empenou

Durante as primeiras utilizações de uma bicicleta nova, muitos componentes irão naturalmente ceder e acamar.

É o caso dos raios que ouvirá certamente ranger, sendo esse «ranger» resultante da torção residual decorrente da montagem.

Se a sua roda estiver empenada, contacte uma das nossas oficinas DECATHLON para que essa pequena deformação seja reajustada. Aproveite a revisão gratuita dos primeiros 12 meses após a data de compra da bicicleta para o fazer!

Tenho um furo

Várias causas podem ser identificadas aquando de um furo:
- O terreno (espinhos, silvas, vidro, pregos...)
- A utilização da bicicleta (obstáculos salientes: pedras, degraus, bordas, buracos...) estão na maioria das vezes na origem de furos por perfuração (pequenos furos) ou trilhamentos (pequenas fissuras juntas).

Em contrapartida, se os furos forem frequentes, o motivo poderá dever-se a:
- Uma má montagem da roda nas nossas fábricas, que poderá ter um raio a perfurar a câmara de ar
- Um pneu ou câmara de ar não conforme (poroso)
- Um primeiro furo mal reparado, que deixou um corpo estranho (espinho, vidro, apara metálica) na jante ou no pneu.

É portanto importante diagnosticar a origem do furo e retirar qualquer corpo estranho antes de efetuar a reparação. Não sabe como desmontar/voltar a montar um pneu, como reparar ou mudar uma câmara de ar?

1- O mais fácil é não tocar na roda e enchê-la novamente com uma bomba de reparação antifuro:
Enrosque a ponta do tubo na válvula do pneu furado (válvula direcionada para baixo) e pressione sem soltar para injetar a espuma. O pneu recupera a forma e a dureza, para que possa continuar a andar, sem qualquer problema!

2- Se tiver subscrito o seguro contra danos, poderá mandar reparar a roda numa das oficinas DECATHLON

3- Para reparar ou substituir a câmara de ar com toda a autonomia, veja os vídeos explicativos mais abaixo.

Furo BTT ROCKRIDER ST 100
A suspensão está demasiado dura

Vários níveis de ação para «suavizar» a sua suspensão:

1- Verifique o ajuste da dureza: consulte o capítulo «AJUSTAR A DUREZA DA MINHA SUSPENSÃO»

2- Efetue uma operação de manutenção básica: a suspensão deve ser lubrificada regularmente com óleo. Para o efeito, aplique algumas gotas de óleo nas pernas da suspensão e pressione a mesma para que o óleo penetre nas bainhas.

3- Realize uma manutenção completa na oficina.

As velocidades não mudam corretamente atrás

Ações para recuperar a correta passagem das mudanças:

1/ Verifique os cabos e as bichas:
1a. O mau posicionamento dos terminais das bichas pode interferir na tração do cabo do desviador e impedir a correta passagem das mudanças. Se for o caso, posicione o terminal de bicha corretamente à mão.

1b. Se o desviador não se mover ao manusear o punho rotativo das velocidades, significa que o cabo e as bichas estarão provavelmente emperrados. Será neste caso necessário substituir o cabo e as bichas.

Pode escolher substituí-las por si mesmo seguindo o vídeo na rubrica "MUDAR UM CABO DE TRANSMISSÃO" ou levar a sua BTT a uma oficina DECATHLON.


2/ Verifique se a ponteira de desviador (dropout) não está empenada:
Um dropout empenado provoca o desalinhamento do desviador, que passa a não desempenhar corretamente a sua função. Coloque-se atrás da bicicleta e observe o alinhamento do desviador.
Se a ponteira estiver empenada, dirija-se a uma oficina de uma loja DECATHLON para a substituir.
NOTA: uma revisão completa e gratuita de todas as afinações da bicicleta é oferecida durante os primeiros 12 meses após a data de compra.

ATENÇÃO : Se utiliza regularmente a sua BTT em condições húmidas ou com lama, ou se lava regularmente a sua bicicleta com água abundante, deverá substituir as bichas e cabos mais frequentemente. Desaconselha-se vivamente a lavagem da bicicleta a alta pressão, pois empurra a sujidade para o interior das bichas.

MUDAR CABO DE TRANSMISSÃO
A manete de travão encosta demasiado ao guiador antes de travar

A manete está solta e/ou toca no guiador antes de travar:

É tempo de purgar o seu sistema de travagem! Pode dirigir-se a uma oficina DECATHLON para que um dos nossos técnicos reabilite o seu sistema de travagem hidráulica

De modo geral, aconselhamos a que purgue o sistema de travagem uma vez por ano.

Parti o dropout do desviador

Um dropout empenado provoca o desalinhamento do desviador, que passa a não desempenhar corretamente a sua função.

Coloque-se atrás da bicicleta e observe o alinhamento do desviador.

Se o dropout estiver empenado ou quebrado, dirija-se a uma oficina DECATHLON para o substituir ou substitua-o autonomamente com a ajuda deste vídeo.

Parti a corrente

Partiu a corrente? Tem duas opções disponíveis:

1- Efetue a reparação com a ajuda deste vídeo. Para tal, use um descravador de corrente e um elo rápido.

2- Dirija-se a uma das oficinas DECATHLON para que tal seja realizado por um dos nossos técnicos.

Unselected
Unselected
SRAM-CASSETE-10V

Peças de substituição

Precisa de mudar alguns componentes? Encontre aqui todas as nossas peças para a sua BTT.

Unselected
BTT ROCKRIDER XC 900 S

Precisa de assistência? 

Unselected

Manual de utilizador

BTT ROCKRIDER
Manual de garantia

Precisa das instruções da sua BTT?

Unselected
BTT ROCKRIDER XC 900 S

Os nossos compromissos

A ROCKRIDER oferece uma garantia vitalícia à sua BTT para o quadro, o guiador e o avanço (em condições normais de utilização).

Para os outros componentes, a garantia é de 2 anos.

Com as primeiras pedaladas, alguns componentes podem dar ligeiramente de si. Por isso é que oferecemos uma revisão gratuita da sua BTT nos 12 meses a seguir à compra da bicicleta.