Eficácia de um capacete de bicicleta: manutenção, armazenamento e substituição

Os diamantes são eternos, mas os capacetes não. Descobre os nossos conselhos e dicas para que o teu capacete desempenhe a sua função de forma eficaz e com toda a segurança.

Eficácia de um capacete de bicicleta: manutenção, armazenamento e substituição

CONSELHOS DE ARMAZENAMENTO E MANUTENÇÃO

Um capacete é um equipamento de proteção. Protege a cabeça, absorvendo os impactos. Para manter a sua capacidade de absorção, é importante cuidar dele, a começar pelo armazenamento.

O ideal é guardar o seu capacete num local onde não haja risco de queda. Deve ficar bem fixo e facilmente acessível. O local deve igualmente protegê-lo das variações de temperatura, da humidade e das radiações ultravioletas (sol). Por isso, devem ser evitados locais como abrigos de jardim ou chapeleiras de automóveis.

Relativamente à manutenção, um capacete lava-se com uma esponja macia e água com sabão. Não utilize detergentes ou outros produtos químicos. Depois de secar ao ar livre, deve ser limpo com um pano sem ser exposto a qualquer fonte de calor. As espumas podem ser lavadas à máquina a 30°C mas não devem ser colocadas na máquina de secar roupa.

Eficácia de um capacete de bicicleta: manutenção, armazenamento e substituição
Eficácia de um capacete de bicicleta: manutenção, armazenamento e substituição

CONSELHOS DE SUBSTITUIÇÃO DO CAPACETE

POLIESTIRENO, UM MATERIAL QUE ABSORVE OS IMPACTOS

Um capacete de bicicleta é principalmente constituído por poliestireno. É esta matéria que, ao deformar-se, permite absorver os impactos e proteger o cérebro.

Convém saber que, com o tempo e de acordo com as condições de armazenamento do capacete, o poliestireno pode endurecer e perder as suas capacidades de absorção.

Um capacete de bicicleta não dura a vida toda, deve ser substituído em diversas ocasiões. Em caso de queda ou de fissura, o capacete de bicicleta perde a sua coesão e, portanto, a sua capacidade de dissipar a energia do impacto. Por isso, é fundamental que seja substituído.

SUBSTITUIÇÃO A CADA 3-5 ANOS

Dependendo da frequência de utilização, recomenda-se que o capacete seja substituído a cada 3-5 anos. É também possível verificar se o EPS (poliestireno) não secou, exercendo uma ligeira pressão do dedo sobre o material: se este se revelar flexível e der facilmente de si, não se preocupe. Em contrapartida, se o material estiver duro e seco, o capacete deve ser substituído.

Para saberes quantos anos tem o teu capacete, basta observar a data de fabrico indicada no interior do mesmo (normalmente sob as espumas de conforto).

Eficácia de um capacete de bicicleta: manutenção, armazenamento e substituição