Thibault, engenheiro de cordas, e Camille Marot, atleta da equipa SIMOND e treinadora do Groupe Excellence Alpinisme France, dão-te todas as suas dicas para prolongar a vida da tua corda. Vamos lá!

Controlar as extremidades 

Começa por verificar as extremidades da corda. Se se assemelharem a couves-flores, com o núcleo exposto e a bainha danificada, é preciso cortá-las e solidarizá-las. Na oficina, Thibault tem uma lâmina aquecida que corta e solda ao mesmo tempo. 
Em casa, pega numa tesoura ou num X-ato e aquece a extremidade com um isqueiro, mantendo a chama até que o núcleo e a bainha da corda fiquem bem soldados entre si.

corda
escaladora na falesia com corda

Verificar se existem rasgões

Em seguida, inspeciona o resto da corda. Basta ir deslizando a corda entre o indicador e o polegar. Com os dedos, conseguirás detetar os danos na corda. 
Se a corda estiver danificada perto da extremidade, podes cortá-la para eliminar o pedaço danificado. Em seguida, aquece a ponta cortada com o isqueiro, para ressoldar o núcleo e a bainha. Se a corda estiver demasiado danificada e já não puder ser usada para escalar, pensa em reciclá-la!

Atenção: se tiveres encurtado a corda, lembra-te de a medir e registar nalgum sítio as novas dimensões, para que possas escolher as suas vias em função disso! Lembra-te igualmente de remarcar o centro da corda, para não seres induzido em erro nas ancoragens.

Lavar

Uma corda com uso intensivo acumula, sem que se aperceba disso, poeiras e pequenas pedras. Deves retirá-las para evitar danificar a corda ou que fique rígida. Podes fazê-lo de 2 formas:

Secagem

Lavas-te a corda usando uma das nossas duas técnicas e agora tem de secar. A secagem deve ser sempre em local protegido do sol ou de fontes de calor. Para facilitar a passagem do ar por dentro da corda e limitar o espaço ocupado, podes enrolar a corda em cadeia. A secagem será assim uniforme. E é muito fácil desfazer as cadeias depois de a corda estar seca.

escaladores em falesia
crianças no ginasio de escalada

Armazenar corretamente

A corda está seca, deves então enfiá-la num saco de cordas para que permaneça limpa durante mais tempo.
Se quiseres guardá-la enquanto espera pela próxima temporada, conserva-a num local fresco com uma temperatura máxima de 25° C, seco e protegido do sol.
Sobretudo, deves evitar ao máximo guardá-la no porta-bagagens do carro, tanto no verão como no inverno, já que as temperaturas extremas podem danificá-la.

Tens agora todos os conselhos de manutenção da tua corda e para a conservar no melhor estado antes de voltares a escalar!
Se quiseres partilhar outras dicas connosco, não hesites em deixá-las com os nossos colaboradores de loja.