Bicicleta de BTT elétrica ROCKRIDER e-ST 520

Bicicleta de BTT elétrica ROCKRIDER e-ST 520

Ref.ª 8556616

Apresentação da bicicleta ROCKRIDER e-ST 520

Primeira utilização

PREPARAR A MINHA BTT
ENCHER OS PNEUS

A pressão dos pneus deve merecer uma atenção particular numa bicicleta elétrica.

As rodas são fortemente solicitadas pelo motor e pelo peso da bicicleta.

Para minimizar os riscos de furo e aumentar a autonomia da bicicleta, deverá encher os pneus com uma pressão de 1,0 a 1,8 bar.

REGULAR A SUSPENSÃO

Para regular eficazmente a sua suspensão hidráulica ROCKSHOX JUDY de 120 mm de curso, siga o link seguinte

FAZER A RODAGEM AOS TRAVÕES

Quando a sua bicicleta sai da loja, as pastilhas e os discos estão novos e por estrear, não oferecendo ainda uma travagem totalmente eficaz nesta fase.

Uma intensa e contínua travagem a frio (por exemplo numa descida) pode levar ao sobreaquecimento e ""vidragem"" das pastilhas.

Para que os seus travões tenham o máximo desempenho, é necessário proceder previamente à sua rodagem. 

A rodagem requer 10 travagens por travão. Em cada uma dessas travagens, deverá passar de 25 para 5 km/h, mas sem bloquear a roda e utilizando um travão de cada vez.

AJUSTAR A ALTURA DO GUIADOR 

Por predefinição, o guiador está ajustado o mais alto possível (posição que permite ter as costas mais direitas e, por isso, mais confortável).

Para maior aerodinamismo e eficiência da pedalada, pode baixar o guiador para ficar um pouco mais dobrado (posição com as costas mais inclinadas e mais desportiva).

Para tal, basta deslocar os espaçadores através da forca da bicicleta, realizando as etapas descritas neste vídeo.

ALINHAR A DIREÇÃO
ORIENTAR OS MANÍPULOS DOS TRAVÕES
MONTAR O MEU GPS
AJUSTAR A ALTURA DO SELIM
AJUSTAR O RECUO DO SELIM
SUBSTITUIR OS PEDAIS

UTILIZAR OS ECRÃS
UTILIZAR OS BOTÕES
botões ecrã BTT rockrider e st 520

Estas são as funções de cada botão:

PERGUNTAS ECRÃS E FUNÇÕES
O QUE ACONTECE SE ME ESQUECER DE DESLIGAR A MINHA BICICLETA?

A bicicleta desliga sozinha ao fim de alguns minutos parada.

O QUE É O MODO DE ASSISTÊNCIA PEDONAL?

Quando precisar de empurrar a sua bicicleta numa subida, este modo irá ajudá-lo a esquecer o peso da bicicleta!

Atenção, este modo não deve ser ativado enquanto se encontrar sobre a bicicleta. Ativa-se e mantém-se ativado quando o botão ""SETA PARA CIMA"" está premido. O modo é interrompido quando se solta o botão.

 

Não utilize o modo pedonal quando estiver em cima da bicicleta. Poderá provocar danos no motor.

QUAL É O NÍVEL DE AJUDA ELÉTRICA PARA CADA MODO DE ASSISTÊNCIA?

MODO 0 = sem ajuda elétrica

MODO 1 = o sistema elétrico contribui com 60% da sua força de pedalada.

MODO 2 = o sistema elétrico contribui com 120% da sua força de pedalada

MODO 3 = o sistema elétrico contribui com 320% da sua força de pedalada

A BATERIA
QUANTO TEMPO A BATERIA DEVE FICAR A CARREGAR?
Carregador

A bateria precisa de 6h30 para realizar uma carga completa (de 0 % a 100 %).

POSSO UTILIZAR A BICICLETA SE A BATERIA ESTIVER DESCARREGADA?

Trata-se de uma bicicleta com assistência elétrica. É perfeitamente possível pedalar sem esta assistência.

Nestas condições, o peso adicional relacionado com o sistema de assistência poderá fazer-se sentir.

POSSO DEIXAR O CARREGADOR LIGADO À BATERIA MESMO SE ESTA JÁ ESTIVER TOTALMENTE CARREGADA?

Sim, o carregador e a bateria podem estar ligados 24h.

Quando a bateria está totalmente carregada, o carregador desliga-se. Pode identificar isto graças ao LED indicador do carregador, que se desliga.

DEVO ESPERAR QUE A MINHA BATERIA ESTEJA TOTALMENTE DESCARREGADA PARA A PÔR A CARREGAR?

Não, as baterias com células de iões de lítio não têm efeito de memória, podendo ser carregadas a qualquer momento.

É aconselhável carregar a bateria regularmente para preservar o seu bom desempenho.

A BATERIA VAI CARREGANDO ENQUANTO PEDALO?

Não, não existe efeito de "dínamo". Alguns sistemas permitem carregar a bateria em andamento ou nas travagens, mas oferecem um fraco desempenho a esse nível.

O QUE DEVO FAZER COM A MINHA BATERIA QUANDO ELA ESTIVER GASTA?

Quando a sua bateria atingir o seu fim de vida útil, poderá entregá-la na sua loja DECATHLON para que ela seja reciclada por um organismo especializado para tal.

COMO ARMAZENAR A MINHA BATERIA?

É obrigatório guardar e carregar a sua bateria num local fresco (entre +10 °C e +25 °C), seco e abrigado do sol. Não guardar a bateria descarregada (com menos de 10% de carga) para evitar uma descarga total, uma vez que isto pode provocar um mau funcionamento.

E lembre-se de recarregar a bateria (mesmo que não usada) pelo menos de 6 em 6 meses, para evitar uma descarga total e uma alteração das capacidades da bateria.

ONDE POSSO COMPRAR UMA SEGUNDA BATERIA?

Pode comprar uma nova bateria na sua oficina DECATHLON.

Contacte a oficina mais próxima de si para saber a disponibilidade e o prazo de entrega deste componente.

QUAL É A AUTONOMIA DA MINHA ROCKRIDER e-ST520?
autonomia da e-st 520

A autonomia da bicicleta elétrica depende de diversos fatores:

> DA CARGA DA BICICLETA: a autonomia reduz-se se a bicicleta estiver sujeita a uma carga excessiva.

> DO TIPO DE PERCURSO: a autonomia diminui nas subidas.

> DA PRÁTICA: a autonomia será maior ou menor em função do esforço humano transmitido durante a pedalada

> DA PRESSÃO DOS PNEUS: a autonomia será melhor com pneus cheios entre 1,0 e 1,8 bar.

> DA TEMPERATURA EXTERIOR: a autonomia será reduzida com tempo frio.

> DO MODO DE ASSISTÊNCIA UTILIZADO: recomenda-se a redução do modo de assistência quando o nível da bateria está baixo.

> DO RESPEITO PELAS CONDIÇÕES DE CARREGAMENTO E ARMAZENAMENTO DA BATERIA.

QUAL O TEMPO DE VIDA ÚTIL DA MINHA BATERIA? QUAL A DURAÇÃO DE VIDA DE UMA BATERIA?

A sua bateria tem garantia de 2 anos ou 500 ciclos (1 ciclo = 1 carga a 100% + 1 descarga a 100% ou 2 cargas a 50% + 2 descargas a 50%). No fim destes 500 ciclos, garantimos uma autonomia sempre superior a 80% desta bateria nova; para lá destes 500 ciclos, a bateria continua funcional, mas a autonomia irá reduzir-se de forma mais significativa. Com uma autonomia média de 60 km para uma bateria a 100%, isto representa mais de 25000 km percorridos.

ESTOU COM UM PROBLEMA

> ELÉTRICO
A MINHA BATERIA NÃO CARREGA

1. VERIFIQUE A LIGAÇÃO ENTRE BATERIA > CARREGADOR > TOMADA ELÉTRICA

 

Verifique se o carregador utilizado é o carregador de origem fornecido pela DECATHLON.

Ligue o carregador à bateria e a uma tomada de corrente elétrica.

LED carregador Vermelho fixo = a bateria está a carregar.

LED carregador Verde fixo = a bateria terminou o carregamento.

LED carregador com luz intermitente = a bateria ou o carregador tem um problema.

O tempo de carga de uma bateria totalmente descarregada é de 6 horas.

 

2. CERTIFIQUE-SE DE QUE NENHUM RESÍDUO ESTÁ A CRIAR OBSTÁCULOS À CARGA

Os conetores do carregador e da bateria devem estar limpos. Nenhum resíduo deve impedir o contacto entre o carregador e a bateria.

 

3. É POSSÍVEL QUE APENAS OS LED INDICADORES SOBRE A BATERIA ESTEJAM COM DEFEITO

Dirija-se a uma das oficinas lojas DECATHLON para reparação.

UM OU MAIS LED DA MINHA BATERIA ESTÃO A PISCAR
LED bateria

O ÚLTIMO LED ESTÁ A PISCAR (o mais afastado do botão da bateria).

A bateria está quase descarregada e deve ser recarregada. Ligue a bateria ao carregador.

 

O 4.º LED ESTÁ A PISCAR

A bateria está sob tensão e já não é carregada há algum tempo. Ligue-a o mais depressa possível ao carregador e a uma tomada elétrica, para evitar uma descarga profunda que poderá comprometer o funcionamento da mesma.

 

OUTRO LED ESTÁ A PISCAR 

A bateria deparou-se com uma anomalia que está a causar um mau funcionamento. A anomalia pode ser provisória ou permanente. Dirija-se a uma oficina Decathlon para realizar o diagnóstico da bateria e da bicicleta.

TENHO UM CÓDIGO DE ERRO NO MEU ECRÃ

ERRO 10 / 12 = BATERIA SOB TENSÃO

Carregue a bateria.
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 11 = BATERIA EM SOBRETENSÃO

Desligue e volte a ligar a bicicleta
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 20 = ERRO DE MEDIDA DE CORRENTE

Desligue e volte a ligar a bicicleta
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 21/23 = ERRO DE SENSOR DE TEMPERATURA

Desligue e volte a ligar a bicicleta
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 24/25 = CORRENTE OU TENSÃO ANORMAL

Carregue a bateria e volte a ligar a bicicleta
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 26 = ERRO DE SENSOR DE TEMPERATURA

Carregue a bateria e ligue a bicicleta
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 30 = ERRO DE MODO PEÃO

Deixe descansar a bicicleta, carregue a bateria e ligue a bicicleta
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 30 = ERRO DE MODO PEÃO

Deixe descansar a bicicleta, carregue a bateria e ligue a bicicleta
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 40/41 = MOTOR EM SOBRETENSÃO

Deixe descansar o motor, pedalando com menos intensidade ou diminuindo o modo de assistência.
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 42/43 = ERRO OU CURTO-CIRCUITO DO MOTOR

Desligue e volte a ligar a bicicleta
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 44 = SOBREAQUECIMENTO DO MOTOR

Deixe descansar o motor, pedalando com menos intensidade ou diminuindo o modo de assistência.
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 45 = ERRO CORRIGIDO DURANTE A UTILIZAÇÃO

Desligue e volte a ligar a bicicleta.
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 46 = MOTOR NÃO FUNCIONA

Certifique-se de que o motor está bem conectado e volte a ligar a bicicleta.
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 60 = ERRO DE COMUNICAÇÃO CONTROLADOR / ECRÃ

Certifique-se de que o ecrã está bem conectado. Certifique-se de que a bateria esta bem conectada e suficientemente próxima do conector da unidade motorizada.

 

ERRO 70/71/72/73 = ERRO DE SENSOR DE BINÁRIO

Desligue e volte a ligar a bicicleta.
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 80/82/83/84 = ERRO NO PROGRAMA DE MOTOR

Desligue e volte a ligar a bicicleta.
Se a mensagem de erro não desaparecer, dirija-se a uma oficina Decathlon.

 

ERRO 81 = INFORMAÇÃO DE VELOCIDADE NÃO RECONHECIDA

Verifique se a roda traseira tem o íman fixado num dos raios e se está bem posicionado em relação ao sensor de velocidade.

 

 

 

A AUTONOMIA É FRACA OU DIMINUIU

1. Assegure-se de que recorre às boas práticas de utilização e de armazenamento.

A autonomia da bicicleta elétrica depende de diversos fatores:

> DA CARGA TRANSPORTADA: a autonomia diminui se a bicicleta for sobrecarregada.

> DO TIPO DE PERCURSO: a autonomia diminui nas subidas.

> DA PRESSÃO DOS PNEUS: a autonomia melhora com pneus enchidos entre 1,0 e 1,8 bar.

> DA TEMPERATURA EXTERIOR: a autonomia diminui com tempo frio (até - 50%).

> DO MODO DE ASSISTÊNCIA UTILIZADO: recomenda-se que reduza o modo de assistência quando o nível da bateria estiver em baixo.

> DO RESPEITO PELAS CONDIÇÕES DE CARREGAMENTO E ARMAZENAMENTO DA BATERIA.

 

2. Com a idade, uma bateria pode perder as suas capacidades.

A sua autonomia vai deste modo ficando mais curta. Contacte a oficina da sua loja DECATHLON para realizar um teste de desempenho da sua bateria.

> MECÂNICO
APÓS VÁRIAS UTILIZAÇÕES, A MINHA RODA FICOU EMPENADA
RodaEmpeno

Durante as primeiras utilizações de uma bicicleta nova, muitos componentes irão naturalmente ceder e acamar.   É o caso dos raios que ouvirá certamente ranger, sendo esse "ranger" resultante da torção residual decorrente da montagem. Isto não significa que a roda está empenada. Se, no entanto, estiver empenada, aproveite a revisão gratuita oferecida nos primeiros 6 meses e dirija-se à oficina de uma das nossas lojas DECATHLON para reajustar esse ligeiro empeno.

AS VELOCIDADES NÃO ENGATAM CORRETAMENTE
Transmissão e-ST900

A passagem incorreta das mudanças (pinhões) pode dever-se a vários fatores.

1- Verifique o posicionamento dos terminais de bicha.
O mau posicionamento dos terminais de bicha pode interferir na tração do cabo do desviador e impedir a correta passagem das mudanças (pinhões) na traseira. Se for o caso, posicione o terminal de bicha corretamente à mão.

2- O cabo e as bichas poderão estar gripados
Se a corrente tiver dificuldade em passar para os pinhões mais pequenos ou se o desviador não se mover ao manusear o manípulo das mudanças, tal significa que o cabo e as bichas estarão provavelmente gripados. As bichas e o cabo devem, neste caso, ser substituídos. Poderá dirigir-se à oficina de qualquer loja Decathlon ou substituir pessoalmente essas peças com a ajuda deste vídeo.

3- Leve a sua BTT a uma oficina DECATHLON para voltar a ajustar o desviador 4- Verifique igualmente se o dropout do desviador não está torto.

PERDI A MINHA CHAVE
Bloqueio ST900

Poderá mandar fazer uma nova chave num serralheiro normal. Se perder as duas chaves, dirija-se a uma oficina DECATHLON para mandar trocar o canhão. Ser-lhe-á fornecido então um par de chaves do novo canhão.

> MECÂNICO
APÓS VÁRIAS UTILIZAÇÕES, A MINHA RODA FICOU EMPENADA
RodaEmpeno

Durante as primeiras utilizações de uma bicicleta nova, muitos componentes irão naturalmente ceder e acamar.

 

É o caso dos raios que ouvirá certamente ranger, sendo esse "ranger" resultante da torção residual decorrente da montagem.

Isto não significa que a roda está empenada. Se, no entanto, estiver empenada, aproveite a revisão gratuita oferecida nos primeiros 6 meses e dirija-se à oficina de uma das nossas lojas DECATHLON para reajustar esse ligeiro empeno.

AS VELOCIDADES NÃO ENGATAM CORRETAMENTE
Transmissão e-ST900

A passagem incorreta das mudanças (pinhões) pode dever-se a vários fatores.

1- Verifique o posicionamento dos terminais de bicha.
O mau posicionamento dos terminais de bicha pode interferir na tração do cabo do desviador e impedir a correta passagem das mudanças (pinhões) na traseira. Se for o caso, posicione o terminal de bicha corretamente à mão.

2- O cabo e as bichas poderão estar gripados
Se a corrente tiver dificuldade em passar para os pinhões mais pequenos ou se o desviador não se mover ao manusear o manípulo das mudanças, tal significa que o cabo e as bichas estarão provavelmente gripados. As bichas e o cabo devem, neste caso, ser substituídos.

Poderá dirigir-se à oficina de qualquer loja Decathlon ou substituir pessoalmente essas peças com a ajuda deste vídeo.

3- Leve a sua BTT a uma oficina DECATHLON para voltar a ajustar o desviador

4- Verifique igualmente se o dropout do desviador não está torto.

PERDI A MINHA CHAVE
Bloqueio ST900

Poderá mandar fazer uma nova chave num serralheiro normal.

Se perder as duas chaves, dirija-se a uma oficina DECATHLON para mandar trocar o canhão.

Ser-lhe-á fornecido então um par de chaves do novo canhão.

CUIDO DA MINHA BTT

COMO LIMPAR A MINHA E-ST900 ?

Para lavar a sua ROCKRIDER e-ST900 elétrica, DEIXE a bateria NA bicicleta. Esta protegerá o motor de eventuais infiltrações!

 

Não utilize um sistema de limpeza de alta pressão pois a água poderia penetrar nos rolamentos de esferas e danificar permanentemente os componentes elétricos!

 

Lave a sua bicicleta com água corrente e uma esponja (existe um conjunto de limpeza disponível na Decathlon).

Seque a bicicleta com um pano

Lubrifique a corrente com um lubrificante próprio 

COMO GUARDAR A MINHA ROCKRIDER e-ST900?

> Guardar a bicicleta num local seco e abrigado.

> Limpar a bicicleta para remover a lama ou a areia que poderiam corroer a sua bicicleta.

> Lubrificar a corrente: pulverizar o "ALL IN ONE" na corrente e no rolete do desviador (evitando os travões) para proteger estes elementos contra a corrosão.

> Colocar o desviador no carreto pequeno.

> Mudar a bateria, pelo menos, a cada 6 meses (recomendamos a mudança regular da bateria).

DE QUE MANUTENÇÕES NECESSITA A BICICLETA E COM QUE FREQUÊNCIA?

Substituição das pastilhas dos travões > A cada 2 000 Km

Mudança dos pneus  > A cada 1 000 Km para uma utilização regular em piso betuminoso

                                        > A cada 2 000 Km para uma utilização todo-o-terreno

 

Substituição da corrente e da cassete > A cada 2 000 Km

SRAM-CASSETE-10V

PEÇAS

Precisa de mudar alguns componentes? Encontre aqui todas as nossas peças de substituição para a BTT e-ST 520.

PRECISA DE ASSISTÊNCIA?

Não consegue resolver o problema nem encontrar a resposta? Convidamo-lo a entrar em contacto com os nossos técnicos.

Instruções

Manual de garantia
Travagem

Instruções de travagem

SUSPENSÃO 

Instruções de suspensão

TRANSMISSÃO

Manual de transmissão

VOLTAR PARA O TOPO