Como realizar a manutenção do teu trampolim durante o inverno?

Aproveitas-te o trampolim nos dias quentes de verão, mas as chuvas do outono tornam a sua utilização impossível. Aproveita o próximo dia de sol para limpá-lo e verificar o estado em que se encontra antes de o guardar em local fresco e seco, para poderes utilizá-lo assim que os dias de sol regressem. Estas boas práticas ajudar-te-ão a prolongar a sua duração.

Como realizar a manutenção do seu trampolim durante o inverno?

Com a chegada do inverno, já sabes que o teu trampolim não será utilizado durante vários meses. Mas quais são as boas práticas a adotar para protegê-lo da humidade e das intempéries de inverno (neve, geada, vento...)? Se adotares estes procedimentos de cada vez que o inverno chegar, estarás a prolongar a longevidade do teu trampolim. Eis algumas dicas da nossa equipa de conceção para que aproveites o teu trampolim por muitos e muitos anos.

rebater os postes do trampolim

Quando deves arrumar o teu trampolim?

Certamente já reparas-te que o teu trampolim é composto por uma estrutura, molas em aço e uma tela. O metal é galvanizado para conferir proteção contra a ferrugem. Aquilo que precisa de ser protegido durante o inverno é sobretudo a tela. Assim que as chuvas de outono começarem a cair com regularidade, recomenda-se que arrumes ou protejas o teu trampolim se o deixares no exterior. É claro que, se residires no sul do país, arrumarás o teu trampolim mais tarde do que um residente do Norte.

Porquê cobrir o trampolim?

Não dispões de espaço no interior para guardar o teu trampolim no inverno, mas se ficar no exterior é necessário protegê-lo das condições meteorológicas, é por isso que se utiliza uma lona.

A chuva, a neve e o gelo são condições que colocam duramente à prova o teu trampolim durante o inverno. Porquê? Porque estes elementos criam peso sobre a tela do trampolim. Peso este que leva tempo a desaparecer se não for feito manualmente. A elasticidade da tela e das molas é posta à prova quando um peso permanece estático em certas zonas do trampolim (neve ou poça de água, por exemplo).

Se não for possível desmontar e arrumar os diferentes elementos do trampolim, recomendamos que o proteja com uma lona. Para isso, retira os postos que fixam a rede de segurança e junta-os sobre a tela de salto. Em seguida, fixa a lona concebida para o teu modelo de trampolim, ou coloca uma lona impermeável de jardim sobre o trampolim assim desmontado. Se cair neve durante alguns dias, retira-a de cima do trampolim com uma vassoura.

É evidente que enquanto o trampolim estiver protegido sob a lona, as crianças não poderão subir para cima dele. Poderiam danificar os postes e a rede de segurança.

Como realizar a manutenção do seu trampolim durante o inverno?

Como proteger e arrumar o teu trampolim no inverno?

Se te encontras numa região de invernos rigorosos (temperaturas negativas, neve, gelo, chuvas geladas), guardar os elementos mais frágeis do trampolim no interior é a forma mais eficaz de os proteger.

Recomendamos que retires a rede, a tela de salto e as espumas de proteção para guardá-las no interior em local onde a temperatura seja estável. Evita por isso os abrigos de jardim e os sótãos não isolados. As partes têxteis do teu trampolim são as mais frágeis e, por isso, as mais importantes de proteger das condições de inverno.

Antes de desmontar os diversos elementos do trampolim e de o abrigar do inverno, passa a vassoura por todo ele para retirar eventuais espinhos e pequenos ramos que possam ter caído das árvores. Em seguida, uma esponja húmida acabará por retirar as poeiras mais finas. Deixa secar bem as diversas partes do trampolim antes de o dobrar. Se efetuares estes procedimentos antes do inverno, encontrarás o teu trampolim em excelente estado na primavera!

Quanto ao resto da estrutura, recomendamos que utilizes uma lona de proteção conforme indicado supra.

Como realizar a manutenção do seu trampolim durante o inverno?
Como realizar a manutenção do seu trampolim durante o inverno?

No verão, como no inverno, atenção aos ventos fortes!

Idealmente, terás instalado o teu trampolim num local do jardim abrigado do vento, para evitar que este voe à mais pequena brisa. Para maior segurança, poderás também reforçar a sua fixação ao solo. Se o trampolim estiver sobre relva, recomendamos que optes pela solução do kit de fixação. Se estiver em solo duro, instala sacos de areia sobre os pés para garantir a estabilidade do trampolim.

Todas estas precauções são importantes e bem-vindas, mas podem não ser suficientes se o vento ultrapassar os 100 km/h. Se as previsões meteorológicas forem de ventos fortes, só há uma coisa a fazer independentemente da estação: desmontar a tela de saltos e, claro está, os postes e a rede de segurança.

De facto, é a única solução para reduzir o risco de o teu trampolim ser levado pelo vento. Se resides numa região onde normalmente se verificam ventos fortes, talvez seja necessário fixar o trampolim ao solo (num terraço, por exemplo) para não ser necessário desmontá-lo tantas vezes. Isso também poderá ser útil se tiveres medo que te roubem o trampolim (ou se isso já te tiver acontecido).

Como cuidares do teu trampolim?

Não é preciso esperar pelo inverno ou pelo outono para dar uma limpeza no trampolim, mas pensa em fazê-lo antes de arrumares a tela, para evitar que eventuais poeiras e grãos de areia danifiquem a elasticidade da tela de saltos. No verão, a chuva pode ser suficiente para enxaguar o trampolim. Se não chover, limpa o trampolim com uma mangueira de jardim. Os pequenos ramos que caem sobre a tela poderão, ainda assim, necessitar da tua intervenção direta. É importante retirá-los do trampolim pois podem estragar a tela e/ou magoar as crianças quando estas começarem a saltar. Bastam umas vassouradas para retirar estes elementos da superfície de salto. Certifica-te também de que as espumas em redor dos postes das redes de segurança secam bem entre dois aguaceiros.

Se estiveres a pensar em arrumar as diversas partes do teu trampolim antes do inverno, faz-lo antes que comece a chover demasiado. Se tiveres de arrumar a tela já com chuva e o mês de outubro for um mês muito chuvoso, deixa secar a tela de saltos antes de a dobrar.

O teu trampolim está agora pronto a passar o inverno! Graças a estes simples gestos, estarás a otimizar a durabilidade do teu trampolim e a assegurar a felicidade das crianças quando o reencontrarem no regresso dos dias de sol.

Todos os nossos conselhos sobre trampolins