Como fazer a manutenção e reparação de uma mochila de caminhada?

Em trekking e na caminhada, a mochila é a nossa maior aliada. Leva os nossos pertences, serve de encosto durante as pausas, apoia as passagens junto a paredes rochosas com estoicismo.

Em suma, é indispensável e quando carregamos uma mochila às costas, só queremos uma coisa: que nos dure o máximo de tempo possível.
Então, como se cuida devidamente de uma mochila?

Como fazer a manutenção e reparação de uma mochila de grande caminhada?

Como fazer a limpeza de uma mochila de caminhada?

Arrastas-te a mochila ao longo de trilhos, na lama, na poeira, na relva, na bagageira de um autocarro e ela perdeu todo o seu brilho. Por outras palavras, chegou a hora de a limpar!

A ideia errada: se há algo que não deves fazer, em nenhuma circunstância, é colocar a mochila na máquina de lavar. Para já, seria preciso caber na máquina, que é a melhor forma de estragar os revestimentos ou espumas da mochila.

Limpar uma mochila em 8 passos:
- Esvaziar totalmente a mochila
- Retirar as espumas e armações, se a mochila o permitir e se tiveres a certeza de conseguir voltar a pô-las no sítio
- Passar o aspirador em toda a extensão para retirar o pó da mochila e dos fechos de correr
- Pousar a mochila numa banheira, duche ou bacia
- Arranjar uma escova de cerdas duras ou uma esponja, se se tratar de uma mochila pequena
- Lavar a mochila com água com sabão (sabão de Marselha ou gel de banho) e esfregar as manchas
- Se a mochila possuir espumas de transporte, passar bem por água e enxugar para retirar toda a água
- Com a ajuda de uma toalha de microfibra, passar a esponja novamente nas espumas e o resto da mochila

Resta deixar a mochila secar ao ar livre, num local seco, idealmente protegido da luz, uma vez que os raios UV aceleram o envelhecimento dos tecidos.

Se não quiseres molhar as espumas das alças, também podes utilizar um spray neutralizador de odores.
Se alguma vez quiseres recuperar alguma da resistência à água da mochila, podes utilizar um spray reativador assim que a mochila estiver bem seca.

A mochila é dotada de um compartimento tipo geleira isotérmica? A maneira mais eficaz de lavar este compartimento isotérmico, é passar uma esponja com água com sabão e depois deixá-lo secar ao ar livre.

Como encher uma mochila de caminhada?

Que fazer à mochila quando voltamos a estar em casa? Terminou a época dos trekkings, o verão chegou ao fim, não esperas voltar a utilizar a mochila tão cedo...

Em primeiro lugar, certifica-te de que a mochila está bem limpa antes de seguir as instruções abaixo.
Depois, prende todas as correias da mochila para que nenhuma fique a arrastar, seria uma pena apanharem pó no caminho para o armário!

Para o armazenamento, reserva um espaço bem seco e protegido da luz, para evitar que os raios de sol acelerem o envelhecimento da mochila.
Se não houver espaço na cave ou se ela estiver húmida, evita o contacto da mochila com as paredes e, acima de tudo, coloca-a numa prateleira. Ficará assim protegida da humidade até ao regresso dos lindos dias de sol!

Como reparar uma mochila de caminhada?

Preparavas-te para te fazeres aos trilhos, mas... a mochila tem uma fivela ou um fecho partido ou, até, visivelmente um furo! Não te preocupes, explicamos abaixo como proceder.

REPARAR A FIVELA DE UMA MOCHILA
Boas notícias: em princípio, conseguirás resolver este problema em menos de um minuto, porque as nossas mochilas foram feitas para serem muito fáceis de reparar!
O mais difícil é identificar que tipo de fivela será preciso trocar:
- A fivela peitoral ou correia peitoral
- A fivela abdominal (38mm)
Nas mochilas de trekking, também poderás precisar das seguintes fivelas:
- As fivelas do chapéu da mochila (20 ou 25mm, em função da mochila)
- As fivelas das correias de compressão laterais da mochila (20 ou 25 mm, em função da mochila)
- As fivelas ou correias por baixo da mochila (25 mm)
Para aprenderes a reparar uma fivela partida, vê o nosso vídeo tutorial!

REPARAR UM FURO NUMA MOCHILA
Os tecidos da mochila são, geralmente, reforçados, sobretudo na parte de baixo, que está sujeita a fricções. Contudo, o desgaste ou algum objeto pontiagudo podem furar a mochila.
- Trata-se de um furo pequeno na parte da frente da mochila: se quiseres fazer uma reparação rápida que não exija grandes competências, opta por um adesivo de reparação: corta dois retângulos com arestas redondas, um ou dois centímetros maiores do que o tamanho do rasgão. Cola um no interior da mochila e o outro no exterior, mantendo o tecido bem liso.
Também podes escolher uma opção mais personalizada, como um emblema para bordar na mochila, um souvenir das tuas aventuras.
- Trata-se de um furo na parte de baixo da mochila: se o furo não for muito grande, podes aplicar um adesivo de reparação. Caso contrário, o nosso conselho é ir a um sapateiro para deixar a mochila em mãos experientes que lhe darão os cuidados necessários para que dure mais tempo.

REPARAR O FECHO DE CORRER DE UMA MOCHILA
O fecho de correr da mochila está partido? Fazemos tudo para que os fechos sejam de qualidade, mas por vezes não é suficiente...
Dirige-te ao serviço pós-venda da tua loja ou a um costureiro. Trocar um fecho de correr sem quaisquer competências de costura é um tanto complicado. Mas, se te permitir utilizar a mochila durante vários anos, não penses duas vezes!
Perdeste a tira na extremidade do fecho de correr? Podes facilmente trocá-lo utilizando um atacador ou um cordão. Um clipe também pode dar conta do assunto, mas apenas provisoriamente!

Todas as nossas ditas para a tua mochila te acompanhar durante longos e belos anos pelos trilhos do mundo. Não hesites em partilhar as tuas dicas de manutenção e de reparação de mochilas nos comentários!